Docenorte saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada em cima do Juventude no finalzinho da partida por 2 a 1.

A partida entre Juventude e Docenorte foi colossal, no último domingo (26), ás 18 horas, no estádio Rosenão, em jogo válido pelo complemento da primeira rodada do Campeonato Municipal da Série A de Parauapebas.

Estreante na primeira divisão a equipe do Juventude           queria deixar uma boa impressão para sua torcida que compareceu em massa ao estádio Rosenão para motivar o caçula da série A. Já os jogadores corresponderam a expectativa da torcida dentro de campo.

O confronto começou a mil por hora. O Juventude partiu para cima do Docenorte como um veterano, sufocando por todos os lados. O Docenorte abafava na defesa e tentava surpreender com seus homens de frente, Ermenson, Nelcivan e Bruno, mas a boa defesa do Juventude não dava moleza.

Rápido como um relâmpago o atacante Fernando Baixinho era o terror da defesa do Docenorte. Foi justamente ele quem balançou as redes pela primeira vez no jogo. O goleiro Gabriel chutou a bola forte em direção ao Fernando, ela foi parar na grande área, antes que o goleiro do Docenorte chegasse à bola o Fernando foi mais rápido e tocou para o fundo do gol, aos 13 minutos do primeiro tempo. Juventude 1 a 0 Docenorte, placar da primeira etapa. O goleiro Gabriel (juventude) ainda perdeu o pênalti.

Mesmo depois de um primeiro tempo acelerado, as duas equipes voltaram para segundo tempo com mesmo ritmo. Precisando encostar-se ao placar, o técnico do Docenorte Marcelo fez algumas alterações que deu resultado. A entrada o meia Bebeto e do volante Japão organizou melhor a saída de bola do time de Carajás. Após perder três chances de marcar, o atacante Nelcivan aproveitou o cruzamento da esquerda e só escorou para o fundo do gol, aos 29 minutos, empatando o jogo em 1 a 1.

Mesmo com placar empatados os dois times se mantiveram na postura ofensiva em busca do gol da vitória. Mais uma alteração que deu certo no Docenorte, Bruno deu lugar a Matheus, que disse aos colegas antes de pisar no gramado “Vou entrar para fazer o gol da vitória”, as palavras não foram jogadas ao ar e, ele cumpriu a promessa. Em ataque fulminante aos 42 minutos, Matheus bem colocado marcou o gol da virada do Docenorte, 2 a 1.

O árbitro Jânio Balsac, ainda deu 5 minutos de acréscimo, mas o Juventude não conseguiu empatar a partida, que terminou com a vitória do time da Serra dos Carajás por 2 a 1.

O Juventude enfrenta o Vila Romana dia 09/09, ás 18 horas, já o Docenorte joga contra o Dallas dia 16/09, ás 18 horas. (estádio Rosenão).

Por: Carlos Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *